domingo, 28 de outubro de 2012



Plano de Aula

Objetivo geral:
Domínio da norma culta da Língua Portuguesa bem como conhecimento teórico e prático.
Identificar os diferentes recursos expressivos como elementos de caracterização dos sistemas de comunicação.
Reconhecer os usos da norma padrão da língua portuguesa nas diferentes situações de comunicação.

Levar o aluno a compreender sintaticamente as orações coordenadas sindéticas de forma a perceber que ao se extrair as conjunções não ocorrerá a perda do sentido.

Objetivo específico:

Identificar orações coordenadas
Identificar orações coordenadas sindéticas

 Conteúdo:

Orações coordenadas Sindéticas


Metodologia:

Será ministrada uma aula tendo como conteúdo principal as orações coordenadas, de modo a enfatizar que as orações coordenadas são sintaticamente independentes, são orações justapostas uma com as outras sem conjunção. A partir dessa explanação os alunos irão identificar e grifar essas orações nas tirinhas.


Primeiro Passo:

Identificar as orações coordenadas sindéticas nas tirinhas.

Exemplos:



                                                                        Adversativas:
 Exprimem fatos que se opõem ao que se declara na oração anterior. 




Aditivas: Indicam fatos acontecimentos dispostos em sequencia. 


Explicativa: Expressam a justificativa de uma ordem.


 Conclusivas: Expressa um conclusão lógica que se obtém através dos fatos, acontecimentos.



Recursos didáticos:

Tirinhas de jornais e revistas



Avaliação: 

Observar o desempenho e a participação dos alunos a fim de diagnosticar se o aluno assimilou o conteúdo, e também para identificar novas oportunidades aos envolvidos na relação ensino-aprendizagem.




6 comentários:

  1. Essa atividade tem uma base sólida para se fundamentar sua prática, e a avaliação efetiva se dá durante o processo.


    Francis Bretas

    ResponderExcluir
  2. Toda atividade educativa deve ser contextualizada, para que o processo ensino - aprendizagem de fato se efetive.
    Cláudia Regina

    ResponderExcluir
  3. Exemplos com tirinhas são uma boa alternativa,sempre funciona!!!
    Sibele moreira

    ResponderExcluir
  4. Devemos frisar também que ensinar conteúdos , deve ser por etapas, ou seja do mais simples para o mais complexos para que internalizem os conceitos e sua aplicação de forma clara e eficiente.Também considero pertinente levar o aluno a refletir sobre os tipos de oração coordenada, para que diferencie o uso de casa uma de acordo com o sentido que da oração, por exemplo as orações coordenadas sindéticas adversativas tem a conjunção "pois" como marca,mas devemos lembrar que seu uso se dá após o verbo ( O atleta queria ser vencedor;treinava,pois, muito.)Por outro lado as coordenadas assindéticas explicativas tem o " pois" como marca, mas é usada antes do verbo(Não grite, pois todos estão dormindo), além disso se esclarecermos que esse tipo de oração geralmente vem precedida com o verbo no imperativo ( Grite), o aluno relacionará de forma construtiva os conceitos e sua aplicabilidade , pois a famosa " decoreba", não proporciona aprendizagem significativa. Cláudia Regina

    ResponderExcluir